Flor de lapela

Vejo que muitas noivas e até mesmo organizadores de eventos não sabem o que são e até mesmo o porque se utiliza da flor de lapela, pensando nisso resolvi criar um post explicando um pouco!!!

A flor de lapela, sinal de romantismo e elegância, surgiu durante o noivado do príncipe Albert com a Rainha Vitória no século XIX. Tendo um dia ele recebido de sua noiva um pequeno ramalhete de suas flores preferidas e não sabendo onde colocá-lo, tomou um canivete e abriu um pequeno corte na lapela de seu paletó, neste corte, ele introduziu o delicado ramalhete para lembrar de sua amada cada vez que sentisse o aroma das flores.

Desta forma surgiu a casa na lapela do paletó, que passou a ser indicada pelos alfaiates da época, e desde então tornou-se uma refinada tradição os noivos no dia do casamento usarem uma flor na lapela, por ser elegante e por simbolizar todo o romantismo do momento.

A flor na lapela, também chamada de boutonnière, é uma tradição que surgiu para diferenciar noivos, padrinhos, pais dos noivos do restante dos convidados. Os pajens, os avos e todos os homens que participam do cortejo também podem usar. Para alguns, esse pode ser um mero detalhe, mas, é uma maneira de os noivos darem um toque de estilo ao visual.

  • –A flor é colocada na lapela – daí vem o nome – do lado esquerdo do traje, independente se a vestimenta for um fraque, meio fraque ou terno.
  • –Geralmente o paletó possui um pequeno orifício na lapela para esta finalidade e é nesta altura que deve ser presa a flor. Mas atenção: a flor deve ser presa ao paletó por um pequeno alfinete e nunca deve ter seu cabo apenas enfiado no orifício da lapela ou no bolso, de forma que fique frouxa ou pendurada ali.
  • –Se estiver usando um lenço no bolso do paletó, dispense a flor. Se estiver usando uma flor na lapela, dispense o lenço.
  • –Flor na lapela é um acessório mínimo e importante; é chique, elegante e estiloso, uma maneira singela e discreta de se destacar.
  • Tradicionalmente, a flor mais usada pelos noivos é o cravo branco, que significa amor puro, todos podem usar a mesma flor, desde que o traje do noivo seja diferente dos demais, caso não seja, opte por uma flor diferenciada. Não é uma regra absoluta, mas é bastante freqüente a flor da lapela coordenando com o buque da noiva, nessa hora exclusividade para o casal é sinônimo de elegância.
  • Vivemos no mundo de personalização e individualização, portanto não é incomum encontrar outros tipos de flores e cores nas lapelas masculinas. Como as tradições estão aí para serem quebradas e de acordo com o perfil dos noivos estão sendo usadas varias formas diferentes de lapelas, hoje se usa tudo, mas sugiro a linha do clássico para não errar e não se arrepender quando estiverem olhando o álbum de casamento daqui a alguns anos.

Importante: Lapela não é o bolso do paletó. Não se coloca flor no bolso do paletó. No bolso o recomendado é colocar os sempre elegantes lenços. Lembrando que há dobraduras para que os lenços fiquem acomodados de forma elegante no bolso. O tecido do lenço não precisa ser igual ao da gravata, mas precisa combinar com as cores usadas no traje escolhido. 

É importante escolher entre a flor de lapela e o lenço, muitas vezes os dois juntos não são uma boa combinação!!!

Espero que tenha ajudado, qualquer dúvida falem comigo: contato@gamata.com.br
beijos!!!

No Comments

Post a Comment